Novo refletor Fusion

 

#26802  –  PT-pYSF3

 

Entrou em total funcionamento na rede digital nacional um novo reflector YSF (Fusion) sendo que este tem várias particularidades que passo a descrever.

  • Refletor Multi Stream, o que permite no mesmo refletor alojar os anteriores ysf’s nacionais, mantendo na mesma o acesso a eles.
  • Completa compatibilidade com o “verdadeiro” Pi-Star e possibilitando o uso de DG-ID no mesmo.
  • Possibilidade de visualização da posição da outra, ou da sua estação, através do site premindo a tecla ‘Localização’. Será apresentado no OpenStreetMap o local da transmissão, se tiver GPS ativo.

  • Pode usar o modo ‘VW’, sendo perfeitamente compatível com as ligações bridge.
  • Permite o envio de mensagens, se em GM mode, para um utilizador ou os do grupo.
  • Permite o envio de imagens/vídeos, se em GM mode, para um utilizador ou os do grupo.

 

 

  • Mensagens e imagens/video só são aceites nos DG-ID exclusivos ao Fusion: 27, 38, 39, 40, 41, 42, 43, 44

 

 

Os utilizadores de equipamentos Fusion tem a possibilidade de se ligarem ao refletor usando o ‘node’ de identificação, no caso deste será o 26802 ou fazendo uma pesquisa pelo nome começado por ‘PT’ irião encontrar todos os nossos antigos YSF’s, o 009, 012, 903, 915 e 268. Podem optar por se ligarem a estes ditectamente, e usar como sempre o fizeram ou podem aproveitar este novo sistema e ligarem-se então ao PT pYSF3 ou #26802. Após a ligação serão rececionados no DG-ID 9 – ‘Local/Reflector’, poderão ficar somente por lá e comunicar com quem por lá se encontre, ou podem usar os DG-ID indicados na imagem abaixo.

 

 

 

Esta imagem está presente no rodapé do site e pode/deve ser consultada para podermos saber quais os DG-ID que podemos usar, DG-ID que não conste nesta lista não existe e como tal não há comunicação.

 

  • Ao substituir os antigos YSF’s por este novo refletor existiu a necessidade de “concentrar” neles o que os antigos tinham como bridge, assim os DG-ID do 31 ao 37 são simultaneamente Fusion <> DMR/DSTAR.
  • O 27 e do 38 ao 44 são exclusivamente rede Fusion não tendo ligação com mais nenhum sistema, e a existir, será sempre em concordância com esta organização do presente sistema.

Página de acesso ao site: http://pysf-pt.brandmeister.pt

 

Identificação dos grupos

 

DG-ID Nome Node Modo
27 Portugal ~ Fusion
31 NXDN PT ~ Fusion/DMR/NXDN
32 YSF903 #15461 Fusion/DMR
33 YSF009 #02986 Fusion/DMR
34 YSF915 #09658 Fusion/DMR
35 YSF268 #52639 Fusion/DMR
36 XLX268E #45742 Fusion/DMR/DSTAR
37 CS5LART ~ Fusion/DMR/Echo
38 Norte ~ Fusion
39 Centro ~ Fusion
40 Capital ~ Fusion
41 Alentejo ~ Fusion
42 Algarve ~ Fusion
43 Acores ~ Fusion
44 Madeira ~ Fusion

 

 

Identificação dos Modos Fusion

 

O ‘System Fusion’ detem a possibilidade de usar 3 modos digitais, o modo DN em que meio canal é usado para voz e o outro meio usado para data, normalmente dados de localização (GPS). Pode ser visto na imagem abaixo, em que o modo DN é identificado como V/D mode 2, e existe o botão localização, se tiver GPS e o mesmo estiver activo.

 

 

Outro modo usado é o VW, emprega melhoramento de audio em que os dois meios canais são ocupados pela modulação. Neste caso não há a possibilidade de enviar a localização por os canais estarem ocupados por voz. É identificado no dashboard como Voice FR.

 

 

Por ultimo, os envio de mensagens ou imagens/videos, feita em modo de grupo (GM), também ele em ocupação dos dois canais inibindo assim a possibilidade da localização, é identificado no dashboard  por Data FR.

 

 

*

 

P.S. – A falta de originalidade nos nomes atribuídos aos DG-ID estrictamente Fusion, deveu-se a falta de capacidade do “desenvolvedor” na atribuição de nomes. Colabore se acaso acha que poderá contribuir com ideias mais originais para o nome dos DG-ID Fusion. No fundo da página do site tem um simbolo “@” clique nele e envie a sua proposta.

 


 

Aplicativo Mumble na rede DMR

Informamos que desde esta data (21/03/2022) se encontra disponível o acesso à rede DMR pelo aplicativo Mumble (em PC),  Mumla para Android, e Mumblefy para IOS.

 

 

O que é o Mumble/Mumla/Mumblefy ?

Mumble é um programa aplicativo de voz sobre IP criado para ser usado principalmente por gamers, e o seu funcionamento é similar a outros programas como TeamSpeak e Ventrilo.
Ele adota a arquitetura cliente-servidor, que permite aos utilizadores conversarem entre si usando o mesmo mesmo servidor.

O Mumble é um software livre, é multiplataforma, e é disponibilizado sob os termos da nova licença BSD.

No Mumble grande parte dos esforços de engenharia são focados na qualidade de som e na baixa latência. Em adição a isso toda a comunicação é criptografada para assegurar a privacidade dos utilizadores.

Como isto funciona no DMR ?

O próprio master DMR tem também ele o master-server Mumble, os acessos são os mesmos. Adicionamos o URL: 2682.master.brandmeister.network, e o indicativo/ID da rede DMR. Quer isto dizer que embora público ele não é “público“, só quem seja radio amador e tenha um ID válido o pode usar. Vamos ver como e quais os requisitos necessários.

 

Instalação / Configuração Mumble em PC

A instalação é simples, se em PC, façam download do executável certo para o vosso sistema operativo em: https://www.mumble.info/downloads/, após a instalação e antes sequer de adicionarem um servidor devem passar o modo de emissão do default VOX para PTT, isto evitará erros de emissão. Para isso devem ir ao menu ‘Configure‘ e no quadro apresentado na entrada ‘Transmission‘ remover o ‘Voice Activity’ e escolher ‘Push To Talk‘. Para instalação em smartphone é só executar o download na PlayStore.

 

Em português

 

 

Esta primeira parte está concluída, vem então a adição do servidor Mumble. Clicando no menu ‘Server’ iremos adicionar o que pretendemos, neste momento só alguns países ainda tem o servidor Mumble activo e cada um com os seus próprios MCC, não é viável via Mumble de Portugal usar o TG 724 do Brasil. Vamos então ver o que fazer nos dados necessários:

 

 

Em português

 

No ‘Address’ introduzimos o master de Portugal (2682.master.brandmeister.network). No campo Port não mexemos em nada, é o default da aplicação e está correto. No campo ‘Username’ introduzimos o nosso indicativo seguido de hífen (sinal negativo) e o nosso ID DMR, sem espaços alguns entre tudo isto. O ‘label’ poderá ser o que entenderem, no caso de futuramente vir a configurar mais masters talvez “Portugal” seja uma boa escolha para saberem onde estão.

Podemos então agora pedir o ‘Connect’, irão receber uma caixa para colocação da password, ela é a mesma que escolheram como vossa para uso em hotspots. 

  • Quem não tem password definida no Selfcare em Hotspot Security, não tem acesso ao aplicativo Mumble.

 

Após a ligação irão ver algo semelhante a imagem abaixo:

 

 

 

Aqui podem ver como se ligar num TG:

 

 

Instalação / Configuração Mumla em Android

 

Na PlayStore procuramos pela app Mumla e instalamos. Na finalização abrimos o programa e vamos começar por configura-lo. Como dito na instalação em PC um dos pormenores de configuração é o desligar do VOX. Para isso clicamos no canto superior esquerdo onde é visível as três barras horizontais.

 

em seguida Opções

 

 

 

Aqui escolhemos a primeira opção, ‘General’, e pomos conforme a imagem abaixo. Pessoalmente acho ser esta a melhor configuração, desactivamos as notificações de Chat, o Text-to-speech, isto porque o volume de informação pode ser grande e o áudio produzido pela aplicação confundir o utilizador. O auto-reconnect permite religar se houver uma falha de Internet. Na finalização podemos voltar ao menu anterior e escolher o Audio

 

 

Audio

Neste local encontram-se as configurações mais importantes para o bom desempenho da app, começamos por desactivar o VOX e activar o PTT. Neste primeiro quadro abaixo só nos interessa o Transmite mode e o Microphone volume. 

 

 

Premindo no Transmite Mode, escolhemos Push-to-Talk 

 

 

Ganho de Microfone

 

 

Após isso podemos rolar o ecrã mais para baixo e seguir as imagens seguintes que são as configurações do bit rate audio:

 

 

 

Após as configurações concluídas vamos adicionar um servidor, para isso clicamos na tecla ‘+’ e preenchemos a informação necessária conforme mostrado no início deste documento.

 

 

E pronto, concluída a nossa instalação Mumla

 

 

 

Android App

 

 Não esquecer nunca que a primeira coisa a fazer é desligar o VOX.

Pedimos que ajustem os níveis de áudio para que os codec’s não saturem levando a condições de mau áudio. Os TG’s  atualmente selecionados foram uma escolha nossa, aceitamos solicitações, desde que dentro do nosso MCC, e justificadas.

 

DMR2SOTA Gateway

 

 

DMR2SOTA Gateway

 

DMR2SOTA é uma nova gateway para envio de spots através da rede Brandmeister DMR (mais de 5.000 repetidores WW) para o Sotawatch.
Instruções:
Envie um SMS em privado com o id 214996 como os exemplos seguintes (use espaços para separar os campos):
CT/ES-005 14.205 SSB CT1GZB/P comentários opcionais
Como o seu radio está identificado na rede pode usar o asterisco para se anunciar a si próprio:
CT/ES-005 14.205 SSB * comentários opcionais
ou
CT/ES-005 14.205 SSB */P comentários opcionais
Após o envio da mensagem receberá um SMS confirmando ou não o sucesso do envio dependendo da resposta do Sotawatch. Se ocasionalmente receber um erro confirme o formato do envio do seu SMS.
Outros comandos disponíveis (similar aos comandos APRS2SOTA)
/SPOTS ou /S : Para receber os últimos 3 spots publicados no Sotawatch
/LAST ou /L: Para receber o último spot publicado no Sotawatch
/ALERTS ou /A : Para receber os últimos 3 alertas
/INFO ou /I : ‘referência SOTA para receber informação acerca da mesma (exemp: /INFO CT/ES-005)
/TIME ou /T: Para receber a hora em UTC

/HELP ou /H: Para ajuda

 

Agradecimentos à equipa BM ES pelo desenvolvimento, EA2CQ, EA2CW e VA3ARR.

O TG utilizado é ‘global’ o que quer dizer que está disponível no mundo DMR Brandmeister independentemente do master usado.  

 


Brandmeister DMR 2021: Revisão anual

 

 

2021 foi um grande ano na rede Brandmeister. A equipa de desenvolvimento mais uma vez mimou a comunidade DMR com muitos recursos excelentes. Vamos revisar os mais importantes:

 

Um novo hoseline com esteróides – QSOs em grupos de conversação Brandmeister podem ser ouvidos usando um navegador da web em praticamente qualquer dispositivo, usando o novo Hoseline com áudio aprimorado, normalização de volume, escuta de vários grupos de conversação, reprodução instantânea e muitos outros recursos descritos em detalhe neste artigo.

 

Gráficos de cobertura de repetidores aprimorados – Os gráficos de cobertura são mais precisos do que costumavam ser e são atualizados minutos após fazer uma alteração nos dados do repetidor. Os dados devem ser o mais precisos possíveis, a altitude é a da base da antena até à mesma (AGL e não ASL), o campo Power ERP (Effective radiated power) deve conter o valor da potencia emitida -perdas + ganho antena, usando a seguinte formula:

ERP(dBW) = Ptx(dBW) -L(dB) + G((dBi) -2.15)

Isto dará uma melhor definição da área de cobertura do vosso repetidor.

 

Autoatendimento para utilizadores e repetidores – Os dias do padrão “passw0rd” para pontos de acesso e repetidores acabaram. O processo de registo no Brandmeister garante que os IDs do amador sejam protegidos e o tráfego não seja perturbado por dispositivos ou gateways não autorizados. A maioria dos novos utilizadores agora são aprovados automaticamente e leva apenas 5 minutos para que um novo repetidor se torne disponível e gerenciável na rede Brandmeister DMR. Graças à colaboração dos desenvolvedores do Brandmeister e da RadioID, os dados do repetidor são importados no Brandmeister e os direitos do sysop são adicionados automaticamente. Não há necessidade de perguntar e esperar que isso seja feito manualmente.

 

Um painel mais rápido – o painel agora está responsivo, os proprietários de repetidores podem definir as suas próprias senhas, o ponto de acesso e a lista de repetidores são exibidos duas vezes mais rápido do que antes e o último ouvido é mais rápido do que nunca.

 

Atualizações do Brandmeister Core – o software principal da Brandmeister viu 48 atualizações em 2021, trazendo muitas melhorias de desempenho, bem como novos recursos incríveis, como o protocolo AudioSocket do Asterisk, TextCapture e a otimização de Wires-X bridging e do IMRS Fusion.

 

Reconhecemos que todas estas melhorias não teriam sido possíveis sem:

  • O tempo e a dedicação dos desenvolvedores envolvidos nos muitos aspectos da rede Brandmeister
  • Administradores nacionais contribuindo com o seu tempo para testar e relatar problemas para a equipe de desenvolvimento
  • Administradores nacionais mantendo, solucionando problemas e atualizando os servidores que tornam o Brandmeister acessível aos utilizadores de rádio em todo o mundo
  • Equipas de suporte que passam incontáveis ​​horas ajudando outros utilizadores
  • Utilizadores fornecendo recursos de computação e hospedagem

 

Temos mais em 2022 … fique ligado e Feliz Ano Novo!

 


 

Upgrade (correcto) dos Anytone

 

Por toda a WWW é possivel ler e reler “formulas” de como fazer o upgrade aos Anytone, umas correctas outras nem por isso. Deixo-vos aqui aquilo que tem sido escrito/re-escrito no grupo de apoio ao Anytone em português Telegram:CT AT-868/878/878+ Suporte (+578).

Assim sendo vamos ver como proceder:

 

  1. No CPS anterior, antes de fazer qualquer atualização, exporte tudo Tools -> Export -> Export (all). Isto irá salvar toda a informação do codeplug antigo.
  2. Passe por todas as suas configurações opcionais(Optional Setting) e anote-as ou faça capturas de ecra de todas as configurações que lá se encontrem. Essas configurações não são salvas pelo processo Export (all) .
  3. Instale o novo CPS, no fim da instalação deixe o instalador abrir o CPS e faça as seguintes configurações, vá a Tools -> Options e marque as opções GPS / Bluetooth / não active opção 500Hours Record, irá só ocupar espaço de memória num equipamento que tem muito mais que nos interesse que seja o fazer gravações e /APRS que se aplicam ao seu rádio. Após isto feche o CPS .
  4. Ligue o rádio normalmente, segure as teclas MENU e EXIT e desligue o rádio. Certifique-se de que o LED vermelho esteja a piscar, indicando que o modo de upload de firmware está ativo. Abra o novo CPS. Carregue o novo firmware usando a ferramenta de menu do software CPS -> Firmware do novo CPS.
  5. Faça o RESET ao rádio, esta etapa é muito importante! Se não fizer isto, os dados antigos no rádio podem entrar em conflito com a maneira como o firmware espera que a memória seja formatada após a atualização. Após o reset entre os dados de UTC e relogio.
  6. Se houver uma atualização da banda base com a nova versão do firmware, faça isso agora. Ligue o rádio segurando o botão laranja / azul superior e o botão # até que a mensagem “inicialization mode to SCT” seja exibido.
    Use uma versão recém-instalada do software SCT_PORT Host Controller no seu PC para enviar o novo arquivo hex SCT3258 para o rádio. Versões mais antigas do software SCT_PORT Host Controller podem não ser capazes de carregar todas as informações necessárias, apesar de não fornecer nenhum erro ou outra indicação de falha
  7. Se houver uma atualização dos ícones com a nova versão do firmware, faça-o agora. Ligue o rádio segurando o PTT e o botão lateral inferior até que a mensagem “ACTUALIZATION MODE” seja exibida. Carregue o novo arquivo de ícones usando a ferramenta de menu do software CPS -> Firmware e Icon actualization.
  8. Agora leia o rádio reiniciado (sim, está a ler um rádio ‘em branco’, tudo bem)
  9. Importe tudo o que foi salvo na etapa 1, usando Import (All)
  10. Conclua o seu codeplug preenchendo a seção Optional Setting e confirme se tudo está correto.
  11. Envie o codeplug recém reconstruído para o rádio
  12. Se tinha uma imagem de inicialização personalizada ou imagens de fundo, envie-as para o rádio agora.
  13. Finalmente, salve o codeplug e certifique-se de usar este arquivo salvo como base para quaisquer outras alterações que possa vir a fazer

 

Sim, a coisa funcionará com o codeplug da última versão do firmware, mas coisas estranhas podem acontecer se não forem seguidos os passos acima descritos. Transmissão lenta, tons de alerta distorcidos, congelamento, travamentos e outros problemas diversos foram corrigidos por uma nova reconstrução do codeplug – um processo que ficou muito mais fácil com os recursos de exportação e importação do software.

Isto garante que os dados subjacentes nos quais o seu codeplug é construído sejam novos e consistentes com o CPS e a versão do firmware em uso. Reserve um tempo para fazer isto para garantir um melhor resultado.

 

P.S. –  o ponto 6 já não se aplica aos atuais equipamentos, somente se adquiriu um radio a alguém que tenha “parado” no tempo, no caso do 878 que tenha firmware <= 1.14

Qualquer duvida contacte-nos…


 

O serviço SMS Store & Forward

 

Nova facilidade no BM, “TextCapture”, o serviço SMS Store & Forward (guarda-e-envia) pode ser habilitado no seu SelfCare !

 

 

Se achou inconveniente só receber SMS com o rádio DMR ligado, dentro da cobertura de repetidor / hotspot, e não estando ocupado… a rede Brandmeister tem uma solução!

 

Graças ao árduo trabalho do Artem e da equipa betatester da Brandmeister, agora pode ativar o “Text Capture” no seu Selfcare, um recurso que armazenará as mensagens de texto enviadas para si se o seu rádio não estiver acessível no hora de envio e atrasar a entrega até que o seu ID se torne ativo na rede Brandmeister DMR.

 

Requisito Importante

 

Para que este recurso funcione precisa garantir que o seu rádio envie uma confirmação de recepção de SMS de volta para a rede BrandMeister. Caso contrário, o BrandMeister continuará enviando as mensagens podendo ser considerado SPAM ou pelo menos aborrecidas.

 

Portanto, antes de ativar este recurso, certifique-se de que o fabricante do seu rádio implementou o reconhecimento de SMS e de que você ativou esse recurso no seu codeplug. (Forneceremos uma ferramenta baseada na web para ajudar a verificar se o seu rádio o reconhece corretamente.)

 

Como é que isto trabalha?

Ilustração de um rádio DMR enviando um SMS para outro rádio pela rede Brandmeister

 

Por padrão, a Captura de texto está desativada. Quando alguém envia um SMS para o seu ID, se o remetente e o destinatário não estiverem na mesma frequência e timeslot, a mensagem é encaminhada para o master server Brandmeister onde o seu ID foi ‘visto’ pela última vez e enviada pelo mesmo repetidor / hotspot que está a usar. Se o seu rádio captar, ótimo, caso contrário estará perdido e não será devolvido.

 

Roteamento de SMS da rede Brandmeister quando a captura de texto está desligada.

 

Depois de ativar o recurso de captura de texto no seu Selfcare, qualquer chamada de dados enviada para seu ID (incluindo SMS, ARS, etc.) será tratada pelo master BrandMeister. Quando um SMS é enviado para o seu ID, o Brandmeister irá capturar a mensagem, enviar uma confirmação ao remetente, tentar a entrega ao seu rádio e aguardar que ele confirme o recebimento do SMS. Se nenhuma confirmação for recebida, o master Brandmeister continuará enviando a mensagem regularmente até que uma confirmação seja recebida por um período máximo de 7 dias. Depois disso, a mensagem será eliminada e não há como recuperá-la.

 

Roteamento de SMS na rede Brandmeister quando a captura de texto está ativada

 

 

Novamente, é importante que tenha em mente que, uma vez que o recurso é ativado, o seu rádio receberá apenas chamadas de dados iniciadas pela rede Brandmeister.

Excepções

  • O recurso “armazenar e encaminhar” funciona apenas com assinantes da rede Brandmeister.
  • SMS de serviços externos (como serviços automatizados de SMS, mensagens DAPNET, etc.) são enviados diretamente para o destinatário.
  • SMS não passam por gateways com outras redes DMR.

 

Alterando o “Text Capture” on and off

 

  • Logue-se na sua conta Selfcare da rede BrandMeister.
  • No topo direito da página, clique no seu indicativo e selecione “Selfcare”.

 

 

  • Pressione “Text Capture” para opção ON ou OFF e depois salve a opção escolhida.

 

 

Para qualquer duvida contacte-nos: team.dmr.pt(at)gmail.com

 

 


 

Anytone – Talker Alias

O Talker Alias (tolquer alias) é uma das características da rede BrandMeister DMR, ela difunde sem simultaneo com o stream o indicativo e o complemento do APRS Text que se encontra no Selfcare de cada utilizador. É comum vermos CT1xxx DMR ID: 268xxxx, isto significa que o utilizador não alterou os seus dados no Selfcare.

Práticamente todos os masters tem a possibilidade de envio e receção do TA, são uma excepção os Estados Unidos da América (MCC 310), o motivo que os levou a tal é o facto de os repetidores e alguns rádios da marca Motorola não cumprirem os SPECS do protocolo DMR e como tal não entederem esse recurso dando origem a pequenos cortes na receção ou emissão. Tal facto levou os sysop’s dos USA a eliminarem o TA da sua rede, no meu entender sem proveito algum, digo isto porque Portugal tem TA na rede e é detentor de 3 repetidores Motorola e alguns utilizadores com o mesmo tipo de equipamento no entanto não existem cortes na rede, alguns poderão existir por maus ajustes dos interlocutores.

Vamos então ver o necessário para que tias cortes não sejam produzidos, esta informação recai sobre equipamentos da marca  Anytone ou equipamentos Motorola sob hotspot.

 

Anytone

Com a entrada ao serviço de equipamentos Anytone que recebem o TA, facilitando assim o reconhecimento do indicativo do interlocutor não precisando da lista de contactos para estar atualizado, e que também o podem emitir, pretendo então explicar a forma correta de configuração do TA. Pode ver nas imagens abaixo o que é necessário ser parametrizado corretamente: Nunca habilitar o ‘Send Talker Alias’.

 

Clicando naquela entrada iremos ter o seguinte quadro:

 

Após a seleção gravamos o codeplug e fazemos o envio para o rádio.

 

No caso dos equipamentos Motorola usando um hotspot pessoal.

Para quem tenha equipamentos Motorola e use Hotspot, atualmente e para quase todos é o pi-star, existem também uns parametros a definir.
Acedemos à configuração do pi-star, escolhemos o modo ‘Expert’, de seguida abrimos o menu ‘mmdvmhost’ e no quadro DMR localizamos o campo “OVCM”, os valores estão descritos no quadro de informação, poderão variar conforme o tipo/firmware do nosso Motorola, por norma o 1 resolve o problema, em última instancia o 4, forçando o sistema a eliminar o TA da rede. Vejam as imagens abaixo para identificação: – nunca usar o 2 ou 3.

 

 

 

Em conclusão, sendo que equipamento for e se o mesmo poder fazer envio do TA na transmissão não o usem, porque isso provoca os tais cortes audiveis nas comunicações se pelo caminho estiverem repetidores da marca Motorola, ou se o ouvinte estiver a usar um hotspot e também um rádio da Motorola.

 

Para qualque duvida deixe um Comentário.

Formações DMR ** atualização **

 

Novas formações

 

Iniciámos no mês de Março a aplicação prática de uso da rede DMR. A segunda ação de formação incidiu sobre o CPS e a elaboração de um codeplug. Foi solicitado aos presentes um envio de um pequeno ‘codeplug’ que demonstrasse a aquisição dos conhecimentos adquiridos.

Esta primeira fase foi ultrapassada por alguns e é para esses agora que será apresentado o que alguns CPS’s e rádios podem oferecer em uso na rede DMR Brandmeister, bem como sugestões de uso na rede DMR.

Estas sessões irão ser divididas por modelos em exclusivo, o CPS de um não é igual para todos, há rádios que permitem roaming sendo que a maioria o não possibilita. Terá também como novidade o poder ser interactiva, ou seja o utilizador tem acesso a partilhar o seu ecrã e assim poder identificar a sua dificuldade ou a questão que queira colocar.

 

Contamos ser este o plano de ação:

  • Para a primeira sessão as inscrições para os rádios da marca Anytone, mod. D878 ou D578 e até mesmo o 868 embora algumas das funcionalidades não estejam presentes.
  • Para a segunda sessão será inscrições para os rádios da marca Tytera, mod. MD380/390, MD380UV/390.
  • Para a terceira sessão será inscrições para os rádios da marca Retevis, mod, RT3, RT3s, RT82.

 

O facto de não incluírmos o CPS do GD77 é tão somente pelo facto de na sua versão original ser igual ao Tytera MD380 ou Baofeng e na versão de Roger Clark o próprio CPS ter perdido informação sendo que o utilizador terá que a inserir manualmente. Por este facto e por ser um equipamento de entrada de gama muitas das funções possíveis na rede DMR não estão disponíveis no mesmo e por essa razão não o apresentamos neste workshop.

 

Serão enviados email’s a todos os inscritos nas sessões anteriores, para quem pretenda inscrever-se de novo deve identificar qual a sessão pretendida se a 1ª, 2ª ou 3ª, para as inscrições anteriores o procedimento é o mesmo, muito embora possam estar presentes em todas elas se acaso vejam justificação para tal, é capaz de não fazer muito sentido assistir a um workshop sobre o Anytone, muito embora possa ser útil saber o que outros equipamentos podem permitir em relação ao que tenha atualmente e ser um fator a ter em conta em uma futura escolha quando o nosso tual equipamento é um Retevis, por exemplo, mas será sempre uma escolha do próprio utilizador.

Devem confirmar a vossa presença reenviando o email de convite identificando qual o workshop a que pretendem estar presentes. As sessões não deverão ultrapassar 1H, podendo contudo ser estendidas no tempo havendo solitações de colegas e dependente da aquisição de conhecimento geral e/ou individual.

Para os colegas que tiveram uma avaliação positiva na formação sobre CPS e que fizeram envio do codeplug de teste será enviado um “Certificado de Presença” e avaliação que não conferindo nenhum grau académico é representativo do tempo e do conhecimento adquirido, sendo também uma forma de agradecimento da nossa parte pelo vosso tempo e paciência.

 

 


 

Foi então lançado o desafio e estipuladas datas, será sempre aos domingos e sempre com início as 15:00 locais. Os colegas que pretendam assistir terão previamente que o solicitar através do email ‘team.dmr.pt@gmail.com’ que funciona tão somente para recolha dos vossos email para envio do convite para as sessões em Zoom.

 

Nesta primeira fase foram apresentados os seguintes temas;

1 º Ação – 28/02 – 15H
• Breve descrição do funcionamento do sistema DMR, relacionamento entre uma rede de voz digital e uma rede informática.
• Apresentação das diversas plataformas usadas em DMR. Como proceder, o que conhecer sobre elas.
o Brandmeister.network site, Selfcare, wiki de Portugal e RadioID
• Como consultar dados na rede, relativos a contactos, TG’s e outros.
o Brandmeister.network, aprenda a criar consultas sobre contas, TG’s e outros.
2ª Ação – 07/03 – 15H
• Filosofia de um codeplug, o que é necessario sabermos.
o A composição de um codeplug deve ser pensada, quais os repetidores que eu alcanço?, que nomes lhe vou chamar? devo criar uma zona unica e ponho la tudo?
• Contrução em blocos do que iremos necessitar, isto para um melhor entendimento.
• Utilização do software de programação, vulgarmente chamado de CPS (Customer Programming Software – software de programação cliente). Iremos focar sobre os mais usados.
o Iremos ver a construção desde o “zero” de um codeplug e como utilizar ferramentas externas para nos ajudar na construção.

  

Link para as gravações:

 

1ª Ação: Formação 1ªação

2ª Ação: Formação 2ªação 

1º workshop: Anytone “tweaks” dia – 02/Maio

2º workshop Tytera MD380/390 UV380/390 – 09/Maio

3º workshop Retevis RT3s RT82 – 16/Maio

 

 

 

Obrigado a todos os que estiveram presentes.

 


 

 

YCS268 servidor Fusion

Entrou em funcionamento à já uns meses em versão teste o novo servidor YCS para a rede Fusion. Este servidor permite o uso em exclusivo de equipamentos Fusion e dos repetidores DR2-X da Yaesu.

Portugal tem de momento um único repetidor deste modelo, situado na Serra de S.Mamede e que permite o acesso usando o DG-ID correspondente.

 

Abaixo publicamos a tabela e a configuração do servidor, no primeiro bloco estão as ligações internacionais (poderemos adicionar mais a pedido), no segundo bloco estão a ligaçoes com bridge a outros sistemas, DMR e DSTAR.

 

 

 

Os DG-ID 90, terminar o estático, e 99, Parrot, são comuns a todos os YCS’s

 

Qualquer falha notada ou questão agradeciamos nos informassem.